Mineiro Luiz Américo é campeão da noite da final nacional da PBR

Violeira Rose Abrão: confira as classificadas para o concurso de música caipira
agosto 14, 2023
Festa do Peão de Barretos anuncia César Menotti & Fabiano como embaixadores 2023/2024
agosto 21, 2023

Mineiro Luiz Américo é campeão da noite da final nacional da PBR

Compartilhe

Foto Alberto Gonzaga

Com 25 montarias realizadas na noite de 17 de agosto, a arena de Barretos abriu as competições com a final nacional da PBR – Professional Bull Riders. Na primeira noite, o destaque ficou para Luiz Américo Silva, da cidade de Timóteo/MG, que montou o touro Ramadã da tropa FBM/Felipe do Tato, com a nota 89,75 pontos. O melhor da noite agradeceu o apoio recebido dos companheiros de rodeio e a família ao falar da nota obtida na montaria. “Só tenho a agradecer a Deus e dedico essa nota a minha família e a todo o público presente na arena”, afirmou Luiz Américo.

A segunda melhor nota da noite foi do competidor José Alberto de Castro, de São Jorge do Patrocínio (PR). Ele montou o touro Menino da Pecuária da tropa Na Bulls e conquistou 89,25 pontos. A terceira colocação ficou com Jerson Arantes, de Paranaíba (MS), que obteve 88 pontos, montando o touro Snobb Jr., do tropeiro Marcelo Castro.

Adriano Moraes, que tem dois títulos de campeão brasileiro, mas não conseguiu vencer em Barretos, afirmou que no domingo (20) um competidor entrará para a história como grande vencedor nacional da PBR. “Quem ganhar aqui fica eternizado na memória de todo mundo e vai entrar no rool da fama de Barretos. Aqui a fama é mundial”, destacou.

A final da PBR de Barretos, além do título nacional, também está em jogo o título da etapa de Barretos.

Sistema de Escolha
A PBR Brazil implantou, nesta final em Barretos, o mesmo sistema que já acontece nas finais mundiais nos EUA, que é o sistema de escolha. Tradicionalmente, é realizado um sorteio para definir qual touro cada competidor enfrentará, como ocorreu na abertura da final da PBR Brazil nesta quinta-feira, dia 17.

Serão dois rounds por escolha, o segundo (sexta) e o quarto (domingo). Os melhores de nota no round anterior (quinta e sábado) têm o direito de escolher primeiro o animal e, obviamente, terá um leque maior de escolhas.
Dentro de uma lógica, os animais mais difíceis para quem tem o menor tempo da noite anterior.
Os primeiros competidores a escolherem o touro procuram por animais que os favorecem durante a montaria. Como, por exemplo, animais que giram para o lado da mão em que os atletas seguram a corda americana.
Uma final nacional possui touros com alto grau de dificuldade, proporcionando muitas vezes quedas. Até mesmo para os primeiros atletas que escolhem seus touros e, em outros casos, aqueles que ficam com os animais mais difíceis acabam vencendo os oito segundos.

Trio campeão da noite na soma 6 está na final do Team Penning
O trio formado pelos competidores Hilton Pontes, Carlos Augustinho e Felipe Weiler, também estreantes na Festa de Barretos, fez bonito na primeira participação na arena e saiu com a melhor nota da noite, com média de tempo de 16.950. Os campeões da soma 6 garantiram vaga na final de domingo (20), após passarem pelas eliminatórias com 330 equipes participantes.

Em 2º lugar, ficou o trio estreante, Vitor Barbosa, Leonardo Braga e Ronaldo Rodrigues com o tempo de 17.769. O competidor Vitor destacou o sucesso obtido na primeira noite. “É o primeiro ano que estou correndo nas provas e graças a Deus já deu certo no primeiro dia e vamos para cima para ganhar”, afirmou.
Segundo Ronaldo, o trio treina junto e tinha o sonho de participar da Festa de Barretos. “Graças a Deus tivemos sorte de fazer um bom tempo, mas treinamos muito para garantir essa classificação”, destacou.
O terceiro lugar ficou com Anísio Bichuette, Dudu Brasília e Juninho Muniz. E o quarto trio classificado é formado Tio Luiz, Victor Bicalho e Antônio Carlos Horácio.

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem