ANTT consagrou as campeãs da temporada na arena do JAGUARIÚNA RODEO FESTIVAL

01
Ana Carolina Cardozo. Fotos/ANTT: Lucas Campos

R$ 100 mil em prêmios foram distribuídos em dois dias, incluindo um carro ‘zero’ km para a campeã Gold Race

Uma das arenas mais tradicionais do Brasil – Jaguariúna Rodeo Festival – foi o palco que encerrou com ‘chave de ouro’ a temporada de 15 anos de história da Associação Nacional dos Três Tambores, nos dias 14 e 15 de setembro. As melhores competidoras da temporada estiveram presente no rodeio, que é referência nacional, em busca de três títulos de campeã no maior campeonato da modalidade do Brasil, na Final ANTT Organnact 2018.
“Foi uma final fantástica, muito disputada e a altura da comemoração dos 15 anos da ANTT. Essa final se tornou ainda mais especial por ser na arena de Jaguariúna. Agradecemos ao Guilherme Marconi, ao Quinze, ao Tio Cláudio e todos da diretoria que confiaram nos trabalhos da ANTT e nos deram todo o suporte para a realização desta final histórica”, disse a presidente da ANTT, Silvana Bertato.
Na Categoria Feminino Gold Race, o título principal foi decidido em uma das disputas mais acirradas da história da ANTT. Ana Carolina Cardozo confirmou o favoritismo, conquistando seu primeiro título nacional e um automóvel ‘zero’ km. A competidora de Araraquara/SP liderou a temporada do início ao fim e só precisou manter a regularidade para terminar o ano com a fivela de campeã. Seu companheiro de pista foi Cromo Down Jet WA.
“Este título é o ápice da minha carreira. É muito gratificante, pois não foi um título ganho somente em um final de semana. Passamos por várias etapas, várias provações, muitas viagens”, declarou a campeã. “Eu sabia que um deslize poderia colocar tudo a perder, então mantive o foco, com muita oração e fiz corridas seguras, que não me comprometeriam. Agradeço a Deus por tudo e a cada um que esteve ao meu lado nessa caminhada, especialmente minha família”, completou a mais nova campeã nacional do rodeio brasileiro.
Em busca de seu quinto título nacional, Fatiana Ferreira fez a sua parte e após três passadas sem erros, foi a campeã da etapa final, subindo de terceiro para o segundo lugar no ranking. A campeã nacional de temporada 2016/2017, Viviane Gratão, ficou com o terceiro lugar. O pódio das cinco melhores ficou completo com Rafaela Fortunato em quarto lugar e Kelly Calle em quinto.
Pela Categoria Mirim, as pequenas estrelas da ANTT mais uma vez deram um show! Depois de uma temporada impressionante, Ellen Sayuri também confirmou seu favoritismo, escrevendo seu nome na galeria de campeãs da ANTT. Se despedindo da categoria, devido a idade, a competidora de Bastos/SP fez uma final regular em conjunto com Venas Bee Peppy. Mas foram os resultados das etapas anteriores que a ajudaram a terminar o ano na primeira colocação.
“É um sonho que se realiza e que eu tinha desde a primeira vez que competi na ANTT, há três anos. Nosso objetivo foi alcançado, pois desde a primeira etapa da temporada estava focada em busca deste título e deu tudo certo apesar de ter sido uma final muito disputada. Agradeço a Deus, aos meus pais, ao Renan Monteiro, ao meu treinador Juninho Palma e toda a equipe que cuida do bem-estar dos meus animais”, declarou a pequena campeã.
Com apenas 20 pontos de diferença, Maria Eduarda Cardozo chegou muito perto de também conquistar seu primeiro título nacional, mas encerrou a temporada na segunda posição. A melhor somatória da etapa final foi de Stephanie Rodrigues, que terminou o ano na terceira posição. Eduarda Peres e Laura Calle, respectivamente em quarto e quinto lugares, completaram o Top 5 da temporada.
A Silver Race é disputada pelas competidoras da Categoria Feminino que terminaram entre a 11ª e a 20ª posição no ranking ao final das etapas regulares. E este ano contou também com a representante da ANTT Norte e Nordeste. Assim como nas demais categorias, o título também foi definido por uma margem mínima de pontos.
Rafaela Slaviero, de Curitiba/PR, chegou a final na segunda posição, mas fez a melhor somatória de tempo na etapa final. Após ir bem em todas as passadas, garantiu a fivela de campeã da etapa final, que foi fundamental para lhe dar uma vantagem de 30 pontos no ranking, conquistando também o título da temporada. Em conjunto com Billy Hexton FL, a paranaense declarou que o título tem uma importância muito grande em sua carreira, representando a realização, a garra, a determinação e a superação em uma temporada tão competitiva.
“Ser campeã da Silver Race é uma honra muito grande. Foi uma final diferenciada, tudo indefinido até a última passada, deixando a prova acirrada e com muita emoção. Agradeço a Deus, a minha mãe que nunca mediu esforços para que eu realizasse meus objetivos, ao CT Marcos Ribeiro, a família 3S, toda a equipe que cuida do ‘Billy’ e meus patrocinadores”, finalizou Rafaela.
Martha Helena Herweg, que havia iniciado a final na liderança, terminou na segunda posição, seguida de Caroline Montero, terceira colocada. Larissa Dollo, em quarto lugar e Rosane Marquezim, em quinto, completaram as cinco primeiras posições. Como homenagem, que que a ANTT faz todos os anos, também foi entregue o prêmio de competidora revelação para Ana Carolina Cyrino, que obteve excelentes resultados ao logo da temporada.
Entre os treinadores, o título ficou com Wilson Dante Laurini Jr, que assim como sua filha Ana Carolina Cardozo, conquistou o título pela primeira vez. O animal Cromo Dow Jet WA, montado por ela, também conquistou o título de Melhor Cavalo da Temporada, sendo o mais pontuado na ABQM durante as etapas da ANTT.
“O Cromo foi o principal protagonista deste título que conquistei. Sem ele nada seria possível. Meu pai, que o treina especificamente para cada competição, também é merecedor desses títulos”, lembrou Ana Carolina.
Realizar a final em uma das arenas mais famosas do Brasil coroou a temporada memorável da ANTT, que completou 15 anos de história. “Concluímos a melhor temporada que já tivemos. Nosso campeonato é o primeiro a chegar a 15 anos de atividade nas arenas brasileiras, se consideramos todas as modalidades, e isso é resultado do nosso comprometimento e seriedade, sempre valorizando as competidoras, treinadores e animais”, encerrou a presidente Silvana Bertato.

02
03
04

CLASSIFICAÇÃO FINAL – TEMPORADA 2017/2018
Categoria Feminino – Gold Race
1 – Ana Carolina Cardozo (Cromo Down Jet WA) – 1300 pontos
2 – Fatiana Ferreira (Exclusive Moon) – 1220 pontos
3 – Viviane Gratão (Linda Dry Jiggs BB) – 1180 pontos
4 – Rafaela Fortunato (Baby Doll Agae) – 890 pontos
5 – Kelly Calle (GF Angelina Ray) – 780 pontos
6 – Kelly Caroline (Manu Ta Fame ZD) – 725 pontos
7 – Gabriela Sávio (WV Castanha Dash) – 720 pontos
8 – Ana Carolina Cyrino (Dual Lena Pep) – 690 pontos
9 – Ana Julia Lima (Afrodite Agae) – 670 pontos
10 – Letícia do Valle (Indiana Victory) – 570 pontos

Categoria Feminino – Silver Race
1 – Rafaela Slaviero (Billy Hexton FL) – 765 pontos
2 – Martha Helena Herweg (Ultra Red Agae) – 735 pontos
3 – Caroline Montero (Go Silver Cat YM) – 610 pontos
4 – Larissa Dollo (Star Red Fame EK) – 540 pontos
5 – Rosane Marquezim (Beyonce Trouble 3E) – 530 pontos
6 – Thais Munique (Fly Opener Blondy) – 530 pontos
7 – Brehna Bazanella (Papi Effort Chick) – 520 pontos
8 – Giovanna Morato (One More) – 420 pontos
9 – Ellen Sayuri (James Bravo) – 385 pontos
10 – Isabel Benites (Candy Stone) – 370 pontos
11 – Gessyca Moraes (Strait Tari) – 195 pontos

Categoria Mirim
1 – Ellen Sayuri (Venas Bee Peppy) – 780 pontos
2 – Maria Eduarda Cardozo (Little Claire HDN) – 760 pontos
3 – Stephanie Rodrigues (Shogun Gamai LRV) – 700 pontos
4 – Eduarda Peres (Lover Peppy) – 600 pontos
5 – Laura Calle (GF Potrinho Jacinto) – 430 pontos